Prótese Dentária


A prótese, é definida como a ciência e a arte que tratam da reposição das partes ausentes do corpo humano por elementos artificiais.

Assim, prótese dentária é a ciência que trata da substituição de um ou mais dentes ausentes do arco dental e das partes adjacentes, por um substituto artificial.

Quando se olha para a prótese na perspetiva da Medicina Dentária, engrandece-se o seu sentido como arte, sobretudo quando estão em jogo os fatores estéticos relativos a esta área do corpo humano. Mas, antes de se pensar na prótese dentária como arte, é obrigatório que se tenha cuidado com os seus fundamentos científicos, pois no corpo humano, sem ciência, nenhuma arte poderá sobre existir.

A ciência é a base, oculta, mas necessariamente obrigatória. Assim, neste caso, a arte é a parte que aparece à superfície e se apresenta aos olhos da sociedade num sorriso de saúde. Por isto, deseja-se que toda a reconstrução protética seja em primeiro lugar duradoura e, inevitavelmente há-de passar pelo pré-requisito científico dos procedimentos clínicos que têm em conta a recuperação dos tecidos comprometidos pelos processos patológicos.

A função do tratamento protético é: eliminar a doença, preservação, restauração e manutenção da saúde dos dentes remanescentes e dos tecidos bucais, substituição dos dentes perdidos e reposição da função de uma forma esteticamente agradável.